Me complicando um pouco

Há tempos não escrevo, havia acabado a inspiração, ou talvez os motivos para escrever.

Talvez eu esteja aqui só para confirmar o que já havia dito sobre pessoas. No momento em que vivo, diga-se de passagem de muita pertubação, amigos voltaram. Fixando minha ideia de que perdoar não significa que será a mesma coisa. Mas talvez as coisas diferentes possam ser melhores. Pessoas que passaram pelo meu dia-a-dia já não estão mais presentes, mas o pouco que fizeram, marcaram um sorriso, uma história, uma alegria que jamais irei esquecer. Dias estão ficando chatos e madrugadas sendo jogadas foras conversando, assim sendo melhor que os dias. Meus olhos já me enganam e olho para quem queria estar ao meu lado. Talvez seja o mistério que me atraia. O mistério do que ocorrerá amanhã, será que eu sou capaz de fazer o que planejo hoje? Será que eu pagarei muito caro pelo o que não fiz hoje? Será que o que planejo, dará certo? O mistérios de pessoas me atraem, descobri ontem, por acaso, conversando com um grande amigo. Parece até que ele me conhece melhor do que eu, pois ele já sabia que adoro esse mistério, podemos dizer assim. Talvez as melhores coisas aconteçam tarde, para que nós, saibamos aproveitar e olhar que tudo pode ser melhor, independentemente do seu tempo. Como normalmente é, sempre foi e espero que um dia acabe, onde há felicidade, há a inveja, a parte ruim de toda história, que no fim, queremos sair ilesos de suas mentiras e maldades. Como já havia citado, da frase de Voltaire, Deus cuide de meus amigos, pois dos inimigos cuido eu. Pois que eu esteja preparado para isto e que meus novos amigos, sejam amigos, mesmo esquecendo algumas vezes de mim, como um dia poderei esquecer deles, e que no futuro nos veremos, talvez, mas o importante é o aqui e o agora, tornei-me amigo e aliado de muitas pessoas, e com isso fiquei muito vunerável à ações que eu possa fazer, mas deixarei claro na frase do fim do post uma coisa. E que essas músicas calmas que escuto, não percam a melodia, o ritmo nem o timbre e que as músicas  violentas que escuto, me dê coragem para fazer o que não se pode fazer. Cada música uma trilha sonora talvez, do mesmo jeito que ouve-se uma música e pensa em uma pessoa, pode-se pensar em um momento, que ainda poderá ocorrer, e que quando ocorrer vc lembrará desta música. Essencial para qualquer um é isso. De tempo em tempo, vou desenvolvendo, e aprendi que o segredo é não ter medo de falhar, então estou mais preparado do que nunca para qualquer coisa.

“Quem começa a guerra, não pode lamentar a morte”

O problema é que um sempre acusa o outro de ter começado…

Anúncios

~ por marcelosofo em 28/08/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: