Tão…

… inexplicável.

Como pode ter tanta gente ao seu lado. E mesmo assim se sentir vazio, nem que seja por momentos…

Momentos que se vão… não sei se quero ir com eles.

Estático. Porém intenso. Tão…

Acreditar que o que tenho agora, não poderei ter em um futuro próximo, nem mesmo em um futuro distante.

Levarei o que der do espetáculo todo. Sejam memórias, confianças, materiais, experiências ou vidas. É tão…

Me sinto como escrevo. Tão… incompleto… incerto…

Na expectativa em que seja o então “tão” seja tão… meu.

Anúncios

~ por marcelosofo em 21/11/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: